Artigo: Como manter sua piscina limpa e higienizada o ano inteiro - Por Clarice L. Eidt

Revista Guia
07 de Abril, 2017 503

Publicado em: 07/04/2017 às 10:03

Toda piscina precisa de um sistema de filtração e tratamento de água, principalmente quando é compartilhada por várias pessoas. O cloro, a salinização o ozônio e a ionização, são boas formas de tratamento a higienização. Independente do tipo da piscina se é de fibra, vinil, ou alvenaria o tratamento de higienização é praticamente igual para todos. Podendo haver diferenças maiores de tratamento para piscinas públicas versus residenciais, cobertas e não cobertas, aquecidas e não aquecidas. As diferenças nos sistemas de filtração podem mudar de acordo com a quantidade de água de cada piscina. Deverá sempre ser respeitado um dimensionamento compatível com o filtro a ser utilizado. O sistema filtrante deve ser compatível para filtrar toda a água da piscina entre 6 e 8 horas diárias. Nos casos de piscinas comerciais esta filtração deverá ser contínua.

A pergunta que mais se ouve é: Como posso fazer HIGIENIZAÇÃO da água da minha piscina de forma segura? Segue alguns sistemas e formas de tratamento.

Podemos considerar desinfetantes para a piscina: o cloro com suas mais diferentes formas. Como o Hipoclorito de cálcio, os Dicloros e os Tricloro-s-triazina-triona. O cloro nada mais é do que o ácido hipocloroso. O sal que muitos erroneamente pensam que é desinfetante, mas não é, na realidade se produz cloro a partir do sal através da eletrólise com equipamento especifico para fazer a transformação em hipoclorito de sódio. 

O ozônio, que é produzido através de um equipamento instalado na casa de máquinas e gera o ozônio necessário para a desinfecção parcial em torno de 75% os demais 25% será necessário acrescentar o cloro granulado como complementação de tratamento de desinfecção.
  
Os raios ultravioletas, que são obtidos através de lâmpadas instaladas na saída do filtro onde a água passa pela lâmpada para sua desinfecção parcial, necessitando também a adição de cloro em 25% para completo tratamento. 
 
Sistemas de Íons de Cobre e Prata (ionização). São equipamentos instalados na casa de máquinas ligados a rede elétrica e que através do contato da água com os bastões de cobre liberam íons de cobre e prata para a higienização da água. Neste sistema não é recomendado a utilização de cloro, pois ele não é compatível com o cobre podendo provocar reação química na água. Outros produtos oxidantes a base de oxigênio podem ser utilizados como coadjuvante no tratamento. Outro desinfetante é o bromo, que não é utilizado no Brasil.

A parte de EQUILÍBRIO da água é muito importante para uma perfeita desinfecção. O fator de PH (potencial de hidrogênio) deve ser monitorado uma vez por semana. A faixa ideal é entre 6.8 e 7.6 para uma perfeita ação dos produtos químicos. Outro fator importante é a ALCALINIDADE da água que deve estar entre 80 e 120 ppm. Além destes fatores uma vez ao ano deve ser medido o teor de cálcio da água. O ideal é que esteja entre 200 e 400 ppm.  

Outra etapa muito importante é a LIMPEZA FÍSICA da piscina.  Esta consiste em aspirar a sujeira do fundo da piscina, escovar paredes e fundo da mesma, limpar as bordas internas e externas,

Manter a areia em condições de filtração fazendo trocas periódicas a cada 2 anos ou quando se fizer necessário. 

Uma forma muito pratica de limpeza física é obtida com os aspiradores automáticos ou ROBÔS 

Que a cada dia se modernizam mais e mais trazendo praticidade e comodidade.

Clarice L. Eidt
Arquiteta e Urbanista - CAU: A121365/2
Cristale Piscinas - Av. João XXIII - (45) 3264-0228 / (45) 9935-1770
Envie suas fotos ou notícias para o Guia! 045 8422 1348